Portuguese English Spanish

N Notícias

Salvador sediará curso de cooperativismo direcionado a técnicos de projetos apoiados pelo FIDA no Brasil

Salvador-BA será sede do primeiro curso de cooperativismo promovido por organismos internacionais da ONU e OEA especializadas em agricultura e que reunirá cerca de 20 técnicos de projetos apoiados pelo Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) no Brasil. O evento acontecerá entre os dias 22 e 25 de outubro, no Hotel Vila Velha, na capital baiana, e será aberto oficialmente pelo Diretor de Programas do FIDA para o Brasil, Claus Reiner.

O curso é uma realização conjunta entre o FIDA Brasil, FIDA Mercosul, Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA), Semear Internacional e Centro Cooperativista Uruguaio (CCU), e reunirá técnicos dos projetos Procase (Paraíba), Viva o Semiárido (Piauí), Pró-Semiárido (Bahia), Dom Távora (Sergipe), Paulo Freire (Ceará), e Dom Helder Camara (presente em vários estados)

A capacitação abordará temas como empreendimentos em comum e ações associativas, critérios para a análise e avaliação de empreendimentos associativos, marco legal e tributário do cooperativismo agrícola na região Nordeste e no Brasil, estratégia do cooperativismo agrícola perante os desafios das mudanças de contexto, estratégias de fidelização e governança, entre outros.

“Faz parte da natureza dos cursos e intercâmbios promovidos pelo Semear Internacional selecionar temas que realmente sejam úteis ao cotidiano de pessoas que trabalham ou que fazem parte da agricultura familiar. Neste curso, os técnicos terão contato com importantes informações que poderão melhorar ainda mais o trabalho deles junto a cooperativas e associações atendidas pelo projetos apoiados pelo FIDA no Brasil”, disse a coordenadora do Semear Internacional, Fabiana Viterbo.

O objetivo da capacitação é fortalecer as capacidades destes técnicos nas ações de seus projetos de origem no tocante a assistência técnica às organizações atendidas nos estados. Serão oferecidas, durante os quatro dias de capacitação, ferramentas para analisar a viabilidade social e econômica de iniciativas associativas; apoiar a gestão de organizações cooperativas; utilizar o trabalho técnico de grupo como metodologia de extensão rural, e facilitar a articulação de empreendimentos produtivos e comerciais de grupos e cooperativas.

As aulas serão ministradas por técnicos da CCU, e consultores contratados pelo Semear Internacional.