EnglishPortugueseSpanish

N Notícias

Cooperativa apoiada pelo FIDA, na Paraíba, fornecerá alimentos ao Exército Brasileiro

A Cooperativa dos Produtores Rurais de Monteiro LTDA (Capribom) é uma das cinco cooperativas paraibanas que passarão a fornecer alimentos ao Exército Brasileiro com produtos provenientes da agricultura familiar. Ela foi uma das vencedoras de uma chamada pública que buscava fornecedores de gêneros alimentícios dos mais variados tipos, e comercializará derivados de leite de cabra e de vaca produzidos na própria cooperativa, movimentando, somente nesta venda, R$ 170 mil.

A Capribom é apoiada pelo Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA), através do projeto Procase, na Paraíba, e já havia participado de uma rodada de negociações com a presença do Comando Geral do Exército na Paraíba, facilitada pelo programa Semear Internacional em parceria com o Ministério da Cidadania. Neste encontro, foram abordados detalhes de como ocorrem estas chamadas públicas para fornecimento de alimentos ao Exército, e como a cooperativa poderia concorrer.

As cinco cooperativas serão responsáveis pelo fornecimento de alimentos, que vão desde frutas, hortaliças a laticínios, movimentando quase R$ 900 mil em produtos totalmente provenientes da agricultura familiar para seis unidades da corporação na Paraíba. Da Capribom serão fornecidos 3.300 quilos de queijo coalho, 1.070 quilos de queijo de manteiga e 1.750 quilos de queijo de leite de cabra.

“Este resultado demonstra que com foco e planejamento a comercialização acontece. Ela deixa de ser vista como um problema. Ele é fruto de um trabalho que objetiva apoiar a comercialização de produtos da Agricultura Familiar que o Semear Internacional, desde sua primeira edição, tem priorizado”, comemorou a coordenadora do Semear Internacional, Fabiana Viterbo.

A Capribom recebeu investimentos do projeto Procase na instalação de placas de energia solar com o intuito de diminuir os custos de produção. Em pouco mais de três meses instalados, o que antes se pagava até 10mil reais em conta de energia, passou a mil reais, e com perspectiva de que chegue a zero, pois todo o sistema instalado garante energia necessária para toda a produção sem que seja utilizada a energia da concessionária presente no estado. O Investimento foi de R$ 348 mil.

“Essa conquista é resultado de um trabalho que veio para somar, em termos de visibilidade, à Capribom, pois a partir do momento em que o Exército fez a escolha pelo queijo, isso já prova que o produto tem qualidade. É grandioso para nós, do Procase, termos feito parte dessa ação, junto com o Semear Internacional, para que o Exército conhecesse essa cooperativa, que está em constante crescimento”, disse o coordenador do Projeto Procase, Aristeu Chaves.