EnglishPortugueseSpanish

N Notícias

Beneficiárias de projetos apoiados pelo FIDA no Brasil participarão de Fórum em Portugal

Duas beneficiárias de projetos apoiados pelo FIDA no Piauí participarão do Fórum Internacional Territórios Relevantes para Sistemas Alimentares Sustentáveis (FISAS), em Idanha-a-Nova, Portugal, entre os dias 17 e 21 de julho e que abordará questões relacionadas ao cultivo sustentável de alimentos e cuidados com o meio ambiente. As experiências brasileiras praticadas no estado do Piauí, com ações do projeto Viva o Semiárido nas áreas de produção e comercialização de carnes e certificação participativa de produção orgânica  serão mostradas no Fórum.

Farão parte da comitiva brasileira a presidente da Ascobetânia e secretária da Coovita, Francisca Neri Bida; a representante da Associação dos/as Produtores/as Agroecológicos/as do Semiárido Piauiense (APASPI), Maria de Fátima da Conceição Sousa; a coordenadora do programa Semear Internacional, Fabiana Viterbo; e o representante do Serviço de Assessoria a Organizações Populares Rurais (SASOP), Carlos Eduardo Oliveira.

“Os projetos FIDA no Brasil têm tido um papel importante no apoio a iniciativas e boas práticas que muito tem contribuído para uma melhor convivência com o Semiárido. Para o Semear Internacional participar deste evento é uma oportunidade de promover uma rica troca de experiências e conhecimento entre os beneficiários dos projetos FIDA com outros agricultores e agricultoras representantes de países de língua portuguesa, além de poder compartilhar o apoio do programa no fortalecimento das questões de Gênero junto aos projetos”, disse a coordenadora do Semear Internacional, Fabiana Viterbo.

A expectativa é que o evento reúna cerca de 50 pessoas, entre especialistas, agricultores e agricultoras familiares e consumidores de alimentos, além de autoridades de quinze países de quatro continentes, para debater e aprovar um compromisso internacional para a promoção de sistemas alimentares sustentáveis.

O programa do FISAS é composto por intercâmbios de conhecimento e de boas práticas agrícolas, visitas de campo e conferências em torno da agroecologia, agricultura familiar, agricultura biológica, acesso a recursos naturais, alterações climáticas, património agrícola e biodiversidade.

O Fórum é uma iniciativa realizada pela ACTUAR, FIAN Portugal e FIAN Noruega em colaboração com a Rede das Margaridas da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (RM-CPLP) e apoio institucional da Câmara de Idanha – A– Nova no âmbito do projeto “Alimentação é Direito!”, apoiado pelo Programa Cidad@s Ativ@s, financiado pelo Active Citizens Fund dos EEA Grants, gerido pela Fundação Calouste Gulbenkian e pela Fundação Bissaya Barreto.